Férias, livros paradidáticos e diversão

Eu sei que a maioria de vocês vai morrer de saudades de acordar de madrugada, sair da cama quentinha e pegar aquele frio delicioso deste nosso inverno polar para ir à escola ler sobre, entre outras coisas, caras que já morreram há quinhentos anos e deixaram cartas muito marotas sobre as indiazinhas brasileiras, então resolvi amenizar um pouco essa perda insuportável que vocês vão sofrer nesses dias de “descanso”.

Coloquei mais alguns ótimos contos na seção de dicas permanentes. São textos excelentes, de linguagem acessível e com aqueles finais de dar nó no cérebro, do jeito que vocês gostam. Portanto, divirtam-se!

Livros paradidáticos

Além disso, dessa diversão toda, não podemos esquecer da parte que, além de divertida, é curricular: os livros paradidáticos. Devo confessar que o termo “paradidático” me deixa preocupado. Sempre lembro de paramédicos, de 192, de algum daqueles programas de TV sobre emergências, enfim, mas ao mesmo tempo lembro que a leitura [e a escrita] pode[m] ser um ótimo remédio para a mente. Vamos por partes, diria o Jack:

  • 1º ANO:
    • Caminhos errantes da liberdade [Jorge Miguel]: o trabalho consistirá numa questão a ser respondida com bastante argumentação e naquele clássico formato dissertativo: o que justifica o adjetivo “errantes” do título do livro? Escolha pelo menos dois dos oito contos e compare-os, tendo em vista a questão acima. Data de entrega: 12 de Agosto. A atividade valerá para o 2º trimestre.
    • Os meninos do banhado [Edith Brockes Tayer]: faremos uma tarefa avaliativa em sala de aula, portanto, façam a leitura do livro antes do dia 23 de Setembro. A atividade valerá para o 3º trimestre.
  • 2º ANO:
    • Vocês entregarão uma resenha crítica sobre o livro Profissão: Jovem até o dia 12 de Agosto.
    • No dia 23 de Setembro teremos a apresentação dos trabalhos sobre O Cortiço [Aluísio de Azevedo], que serão feitos em grupo. A ideia é simples: cada grupo vai escolher uma cena ou trecho do livro e representá-la ou recontá-la de alguma forma. As opções ficam a critério de vocês. Aceito audiolog, videolog (para qualquer um destes dois, faça um roteirinho antes), encenação teatral (tente utilizar as habilidades aprendidas nas aulas de Artes; peça ajuda à professora), composição musical, enfim, usem a criatividade.
  • 3º ANO:
    • Como venho frisando para vocês desde as primeiras aulas, temos uma lista de obras, que são as obrigatórias do vestibular. Cabe a nós a transformação dessa obrigatoriedade em diversão. Já discutimos O pagador de promessas [Dias Gomes] e Inocência [Visconde de Taunay]. Ainda temos uma lista considerável e precisamos dar conta dela independente dos conteúdos a serem vistos. Aproveitem as férias, leiam, anotem, façam paralelos com outras leituras, com filmes, músicas, enfim, mergulhem nas leituras, absorvam o que elas têm de melhor a oferecer. Isso vale mais que pontos numa prova.

Desejo ótimas férias e boas leituras a todos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s